quarta-feira, fevereiro 14, 2007

Dia de São Valentim

Hoje é aquele dia em que os namorados embebidos pelo espirito do amor, e com uma pequena ajuda do cupido, fazem juras de amor eterno que não têm a certeza se podem cumprir.

No entanto, lá se fazem as tais promessas e lá se gasta uma pipa de massa a comprar aquele presente especial que se julga que o outro vai gostar.

Por ter uma educação católica, acredito nos santos e na fé que colocaram na igreja, até acredito no bem que podem ter feito às pessoas no seu tempo ou mesmo nos milagres que ainda hoje, mas com menos intensidade, ainda conseguem fazer ... mas meus amigos!

Porque é que se comemora o dia de São Valentim, ou dos namorados na data da sua morte e não na data do seu nascimento? Sim a data de nascimento trás muito mais alegria que a da morte.

Este santo que viveu no sec. III d.c., viveu a sua vida como sacerdote, o seu amor era para com deus e para com a religião católica vigente, porque é que se tornou o patrono dos namorados, uma vez que reza a lenda ele não teve namorada, pelo menos oficial.

Existem várias teorias, uma das quais remonta ao tempo do Imperador Romano Cláudio II, que por necessitar de homens para as suas fileiras de batalha, proibiu determinantemente todo e qualquer casamento, no entanto Valentim contra a vontade soberana que imperava na altura foi realizando os matrimónios às escondidas ... o que lhe valeu, quando foi descoberto, a prisão tortura e morte a 14 de Fevereiro de 269 d.c.

Valentim morreu pelos noivos, por aqueles que queriam casar e não podiam, pelos católicos.

Se assim for, então porque é que São Valentim é o patrono dos namorados e Santo António o dos Casamentos?

Não deveria ser ao contrário? Pois no Brasil é mesmo ao contrário, o dia dos namorados é celebrado em vésperas do dia de Santo António, 12 de Junho ... e nessa data os namorados Brasileiros fazem as delicias da união não reconhecida pela "santa igreja".

Em Portugal o dia dos namorados é no frio, deve ser para nos aquecer-mos, e saímos para jantar naquele restaurante que falámos que gostávamos de ir, para chegar à porta sem reserva e batermos com o nariz na porta por falta de mesa ... sim, porque nesta data aparecem tantos casais para jantar, que até parece mentira.

Uma coisa é certa, e por eu ser determinantemente contra as relações extraconjugais este deve ser o dia em que menos pessoas ficam enfeitadas, uma vez que estando juntos ninguém pode sair par comer um novo prato lá fora.

Se assim for, deveria ser dia dos namorados todos os dias.

E porque é que não pode ser, hoje apetece-me que amanhã também seja dia dos namorados e será eu e a minha cara metade preparamos um jantar bem romântico em casa e aninhamo-nos no sofá com uma mantinha e curtimos o resto da noite nos braços um do outro.

Mas sabem outra coisa, depois de amanhã será igual, e também me apetece que seja dia dos namorados, e não faço a mesma coisa mas posso realizar outras fantasias, como pequeno almoço na cama, banho de espuma, etc...

No entanto deixem-me dizer que no próximo dia 28 de Fevereiro também é dia dos namorados, e não é porque se trate de uma data especial mas porque me apetece de novo assim como no dia 1, 2, 3, 4 de Março, e por ai a diante ....

Detesto prendas no dia de hoje, sou contra o consumimos associado ao amor, o amor é dar e receber sentimentos, carinho, tolerância é deixar-mo-nos levar num estado de graça na companhia de quem mais gostamos, e não enriquecer o rabo a mais uns malucos que decidiram que tínhamos de gastar dinheiro para agradar quem amamos.

Eu não preciso de comprar o amor, preciso de o alimentar de o tratar como uma pequena flor, dar-lha água quando tiver sede, falar com ela quando estiver murcha.

Por isso vamos fazer todos os dias, dias dos namorados, Ok?

sexta-feira, dezembro 22, 2006

A Todos um Bom Natal


Olá amiguinhos, apesar da longa ausência, voçês nunca foram esquecidos! e nesta época especial não podiamos deixar de vos desejar um Excelente Natal junto de todos aqueles que mais amam.
Espero que tenham muitas prendinhas e aproveitem para comer todos os docinhos do Natal, porque nesta época ningém se importa com as dietas :)

Tenho vos a confessar que não gosto nada desta época Nalaticia, só gosto mesmo é de preparar os doçes e a ceia de Natal :) mas é mesmo preparar, porque comer já não é comigo, não sou nada gulosa... gosto apenas de comer os doçes enquanto estão quentinhos... hehehehe!! e voçês já têm as receitas fora da gaveta e os ingredientes preparados?

Quanto ás prendinhas... não se esqueçam que é apenas no dia 24 de Dezembro à meia noite que se podem abrir! nada de serem curiosos:))

Beijinhos grandes a todos

terça-feira, outubro 17, 2006

Melancolia...

Hoje de manhã estava no trânsito e vinha a pensar com os meus botões como o tempo voa...
Estamos praticamente a terminar o ano de 2006, os dias são pequeninos, o tempo arrefece, a chuva parece que veio para ficar, vamos buscar as camisolas e o edredon quentinho porque a noite está mais fria. Estamos praticamente a entrar naquela fase em que as ruas e montras estão iluminadas e os centros comerciais cheios dia e noite. Estamos quase no Natal.

Paro para pensar e não consigo dizer o que fiz até agora. Parece que não houve primavera nem verão, não senti aqueles dias maravilhosos com o sol da primavera e não senti o sabor da praia, que eu adoro, a passar por mim.
Estou com a sensação que não aproveitei as coisas boas a 100%, ou então não lhe dei devida importância. Não sei bem porque estou com esta sensação, mas sinto que não fiz nada de útil! e sinto-me um pouco triste com isso.

E vocês também sentem que o ano esta a passar a correr?

quinta-feira, outubro 12, 2006

Qual é o problema?

De volta ... para escrever um pouco sobre as mudanças de hábitos sociais.

Podem chamar-me antiquado, mas por vezes sinto que a nave espacial de onde eu cai nunca mais irá voltar.

"Ainda me lembro do tempo em que com 14 anos ficava sentado no meu sofá a ver séries televisivas para jovens, tão interessantes como Tom Sowyer ou Verão Azul, quando me sentava no banco do jardim a ler os livros das Aventuras, ou quando saia de casa e tocava à campainha de todos os meus amigos para virem para a rua jogar às escondidas, apanhada, cartas ou apenas para uma daquelas fantásticas futeboladas de final de tarde.

Ainda me lembro de como as mães detestavam que se lhes tocasse à porta, e faziam sempre aquela cara de frete quando eu pedia para chamar os filhos. Ficávamos horas na rua a jogar ou a conversar sobre patetices como o jogo que o Benfica levou 7 em Alvalade, muitas vezes andávamos à tareia por coisas parvas mas passado um pouco já estávamos na mesma equipa para derrotar os outros.

Hoje as coisas são diferentes, as mães estão muito mais contentes, os miúdos não saem estão no quarto no computador, que bom estão perto e sem perigo, mas o pior é que eles hoje com a Internet vão mais longe do que alguma vez eu fui com 14 anos.

Hoje com 14 anos saem à noite e já gostam de beber um pouquinho de álcool, tão pouco que é suficiente para os levar ao coma, hoje dizem que não se divertem se não beberem, hoje estão noites inteiras na rua e os Pais não estão nem ai ... querem é paz em casa.

Hoje já não tocam às campainhas, dão toques para os telemóveis, já não saem para conversar tem essa treta do MSN, já não escrevem português, escrevem algo que se assemelha à linguagem de um "nem sei o quê", com tanto X e K que acaba por parecer uma língua estrangeira.

Os mais velhos não vão à discoteca X ou Y, pela musica que gostam, mas pelo ambiente de engate e as miúdas que lá estão. Esses espaços onde o consumo de todo o tipo de drogas é tão banal que até nos faz pensar que deve ser normal. Estamos num tempo onde o consumo de canabis ou cocaína está tão banalizado que 16 de 50 deputados italianos acusam o uso dessas substancias.

Estarei a ficar velho, será que não consigo acompanhar a evolução ... tenho medo de ter filhos, tenho medo de os obrigar a estar neste mundo que nem eu próprio já o entendo ... pode ser que eles se adoptem melhor.

Todos nós iremos ser pais um dia, nem que seja por adopção, pensem um pouco nestas coisas, que são tão banais.

Será normal uma criança ter telemóvel quando se sabe os malefícios para o seu cérebro, será normal um jovem estar a viver as coisas demasiado rápido, onde está a adolescência ... a descoberta das coisas aos poucos ... o sexo é tão banal em jovens de 14, 15 anos que sei de histórias onde os próprios pais deixam de propósito os miúdos em casa sozinhos.

Já não sei viver neste planeta, será que estou a acordar tarde para o mundo dos adultos onde cada vez mais as crianças e jovens querem estar, por vezes penso que quando era pequeno tinha uma ideia errada do mundo adulto, hoje parece que o mundo não mudou, são apenas crianças mais crescidas, onde os streses por vezes me parecem os mesmos."

Não vos chateio mais ... mas digam o que pensam sobre esta matéria.

segunda-feira, outubro 09, 2006

Desabafo

Depois de umas mini-férias no Algarve que supostamente deveriam ser tranquilas para ganhar coragem para a bomba que se deve vir a instalar brevemente no meu emprego, não tive uns dias muito calminhos como gostaria que tivessem sido.
É verdade que apanhamos sol, tivemos direito a recuperar o bronze já perdido do verão, apanhamos uns dias e noites bem quentes, passeamos muito, demos muitos mergulhos, comemos os belos gelados e crepes na bela gelataria “Nosolo Italia”, até aqui tudo bem, o problema é que nem sempre o local é o factor mais importante para contribuir para o sucesso de umas boas férias. A companhia é muito importante!

Não quero estar a fazer queixinhas, mas apenas desabafar, fiquei triste com algumas atitudes de uma pessoa que provou não saber estar em grupo, influenciando assim o bem-estar de todos. Essas atitudes afectaram-me , porque quando estou com outras pessoas, não gosto de fazer birrinhas e muito menos tomar decisões que vão em contra a vontade dos restantes presentes. Não sei se ajo mal, mas acho que tem de haver um equilíbrio para que toda a gente se sinta bem, há que saber também fazer cedências , por isso é que fomos todos de férias.

Mas retirando este pequeno á parte, adorei estar longe de Lisboa estes dias fezeram-me muito bem, mas vim com uma sensação estranha, não sei bem porque e de quê, talvez seja por ser segunda-feira e estar de volta ao trabalho. Amanhã já devo estar melhor :)

terça-feira, outubro 03, 2006

Tatuagem... quem a não tem?


Há uns tempos que tenho reparado numa coisa: as pessoas gostam de demonstrar de certa forma a sua diferença em relação a outras e acham por bem fazer desenhos no corpo!! – Tatuagem.

Neste verão na praia, contavam-se pelos dedos da mão quantas pessoas é que não tinham tatuagem, porque as que tinham nem dava para contar. Não quero ferir susceptibilidades, até porque provavelmente alguns de vocês deve ter uma tatuagem, mas apenas deixar a minha opinião.
Não sou nada contra as tatuagens e os pircings, e até acho giro quando discreto, e com algum sentido! mas acho que se começou a fazer tatuagens por tudo e por nada. E quem não tem é que já é diferente.

Uns fazem tatoos com juras de amor eterno, outros o nome dos filhos, alguns nem o significado da tatuagem sabem. Há tatuagens para todos os gostos. O importante é ter uma tatuagem para poder dizer que tem.

Quem as faz, diz que fez para marcar momentos da vida e assim registar para sempre esse grande momento. Agora pergunto eu, mas será que tanta gente quer marcar coisas da vida “pintando o corpo”??? e depois daqui a uns aninhos com a pele a envelhecer será que ainda querem demonstrar a todos esse grande marco?

Acho que se banalizou de tal forma a tatuagem que acabou por cair no ridículo. Irritam-me um pouco aqueles que fazem tatuagens só porque se apaixonam de tal maneira que têm de tatuar o nome do seu suposto “homem da sua vida” como prova de amor eterno!... depois chegam á conclusão que ele até tinha uns defeitos e não era bem o homem ideal. O que é que acontece? Vão a correr fazer uma cirurgia para apagar o nome dele e colocar outro de seguida!
mas será que não há outra forma de o provarem??

Beijinhos grandes a todos e pedimos desculpa pela a ausência, não é por falta de vontade mas sim pela falta de tempo.

quarta-feira, setembro 13, 2006

Só eu sei porque não fico em casa!


Sei que não há muito a comentar, mas não podia deixar de manifestar a minha felicidade pelo meu clube do coração SPORTING! Ontem o cenário em Alvalade era de grande festa, pois há seis anos que não estavamos presentes na liga dos campeões! Mereciamos esta vitória. Agora vamos em frente sem esqueçer, claro a liga Portuguesa:)

Aos outros clubes, Benfica e Porto desejo-lhes a mesma sorte!

Parabéns SPORRRRRRRRRRRRRRRRRRRTING! Só eu sei porque não fico em casa;)))

Beijinhos

segunda-feira, setembro 11, 2006

Lisboa Bike Tour


Não foi fácil ... mas teve piada!
Para mais fotos ver FNS

"Foi muito divertido, nunca tinha andado tanto de bicicleta, e desde criança que não pedalava."
Levantamos os capacetes e dorsais, na sexta à tarde e assim ficámos preparados e aptos para a pedalada.
O dia da "prova", que não era para ganhar nem perder, começou bem cedo, levantamo-nos ás 7 horas para não ter muitos problemas com os autocarros, à chegada pegamos nos capacetes e dorsais e recebemos uma mochila.
Entramos no autocarro e aqui começam as avarias, ao tentar colocar as alças da mochila, partiu-se o plástico que as segura, resultado tivemos de atar as alças.
Depois, a colocação dos dorsais, então aqui ... alguém sabe explicar porque é que o dorsal tem quatro lados e só dão 3 alfinetes? Pois tivemos de fazer uma ginástica mental para o colocar.
O autocarro fez a ponte, e deu a volta nas bombas da GALP, numa estrada que normalmente só as ambulâncias e a Policia passam, escusado será dizer que também ai nunca tínhamos passado.
A partida era quase a meio da ponte, mas o autocarro parou a quase 1km da partida, sim porque essa deveria estar reservada para os VIPS. Mas não éramos os piores, havia muita gente atrás de nós.
A escolha das bicicletas foi um prato ... estas até nem eram más, mas 4250 bicicletas a serem montadas em 5 dias, algumas não estavam tão afinadas como outras, por isso, experimentamos umas quantas até acertar numa.
A prova começou, já nós estávamos cansados de estar em pé, a segurar as bicicletas, no tabuleiro da ponte.
Assim que os primeiros arrancaram, nós ainda tivemos de esperar, e já esses estavam no inicio da subida ainda nós estávamos a chegar ao local da meta.
Depois existiam sempre uns que andavam mais devagar, e ao inicio quase tocávamos com as rodas uns nos outros.
Ao chegar à subida da ponte, olhamos e os primeiros já deviam estar com uns 5 km de vantagem, ao chegar à meta ... e não fomos os ultimos ... já nem existia nenhum espetáculo.
Em cima da ponte, nós paramos para tirar fotos, para ver a vista maravilhosa, para empatar ... foi muito bom ... para o ano há mais, no norte do país.
Foi muito bom, aguentamos muito bem, hoje nem as pernas me doiem ... só me dói um pouco o rabo, por causa do banco. É a falta de habito.

sexta-feira, setembro 08, 2006

Dicas para Fim de Semana (texto da Silva)

Sendo hoje Sextaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa-feira... aqui vão 3 dicas para quem quiser ir:)

1ª Dica - Mundial de Pirotecnia

Vai realizar-se a segunda edição do Mundial de Pirotecnia, começa este sábado na Marina do Parque das Nações, em Lisboa. A partir das 23:00 horas! Os céus da zona da Expo vão ficar cheios de brilho com este maravilhoso espectáculo ! é mesmo para não perder:)


2ª Dica - "Red Bull dá-te aaasas"

Este evento tem como ojectivo: os temerários pilotos arrancarem nas suas originais máquinas voadoras (criadas por eles) de uma rampa de 6 metros de altura para se elevarem nos céus de Lisboa e aterrarem de emergência no Rio Tejo.Para quem gosta de diversão, amanhã na Torre de Belém a partir da 15 h!!! este não vou poder ir, se alguém for que deixe o relatório;)))

3ª Dica - A melhor delas todas:))) - Liboa Bike Tour


O Lisboa Bike Tour, realiza-se no Domingo, é um passeio de Bicicleta sobre o Rio Tejo com início na Ponte Vasco da Gama e fim no Parque das Nações. Vamos estar em directo na TVI, por isso liguem os vosso televisores;) ... hehehe!


Se alguém for fazer esta pedalada avisem:), pode ser que até estajamos juntos na partida.

Segunda-feira o mais certo é não nos mexer-mos... mas vai valer pelo passeio:))


Espero que tenham gostado das dicas! Bom fim-semana a todos!

quarta-feira, setembro 06, 2006

Silva e Ouvinte de A a Z

No seguimento do post da S&M em que propunha dar-mo-nos a conheçer um pouco mais de nós completando as letras que compõem o abecedário!

Aceitei o desafio :)

Aqui vai!

A-Amor (O amor é o grande responsável pela felicidade das pessoas. Seja amor de pais, filhos, amigos ou marido e mulher)
B – Brincadeira ( Adoro pessoas brincalhonas e bem dispostas)
C – Cão (adoro animais, mas especialmente cães)
D- Desporto ( é uma grande terapia)
E- Escola ( só tenho saudades do convívio e das férias )
F- Fantasia (adoro sonhar, também faz parte)
G- Gulosa ( mas só por gelados :))
H- História (Gosto da história dos antepassados, mas também de ouvir uma boa história)
I – Inteligência ( Gosto de pessoas inteligentes, aprendesse muito com elas)
J- Jornal (onde gosto de ler as noticias)
K- keneau Reeves ( gosto dele como actor)
L – Lua ( não sei porquê mas fascina-me, é linda)
M – Mãe ( aquela que me trouxe ao mundo e que estará sempre comigo para tudo)
N- Nuvens ( ás vezes ando por lá...)
O- ódio (o pior sentimento que alguém pode ter)
P- Paixão ( o melhor sentimento, deixa-nos lá nas nuvens)
Q- Queijo ( Venham todos os tipos!!)
R- Ronha ( faço sempre ronha antes de me levantar!)
S- Sapato ( Adoro sapatos)
T- Teimoso ( irritam-me pessoas teimosas)
U – Universo
W- Woman ( se não fossem as mulheres o que seriam dos homens ;) )
X-xaile ( enrolada no xaile em casa e ouvir a chuva a cair... hummm tão bom)
Y- Yelow (música dos Cold Play )
Z- zzzzzz ( deixei-me dormir)


Façam o mesmo!

Beijinhos a todos

OUVINTE

Como não poderia deixar de fazer o mesmo,

também aqui vai ...

A- Aniversário (Adoro fazer anos, mas não gosto envelhecer)
B- Beijos (Como gosto de beijos, na cara, na testa, na boca, é indeferente desde que sejam beijos)
C- Carro (Adorava ter um só para mim)
D- Diversão (Uma das coisas que mais gosto, divertir-me)
E- Educação (Não há nada que me deixe mais irritado que a falta desta)
F- Fazer ... (adoro fazer... tudo)
G- Gosto (Adoro comer, por isso o gosto é essêncial)
H- Homem (Ser homem é uma coisa muito boa)
I- Inveja (Não fico nada contente, até porque nunca sinto)
J- Jovem (Como adorava ser eternamente jovem)
K- KKK (Uma vergonha para a Humanidade)
L- Lisboa (A minha cidade)
M- Mel (adoro tudo o que é doce como o mel)
N- Namoro (um estado de graça interropido abruptamente pelo casamento)
O- Ontem (Representa o passado, aquilo que não interessa mais)
P- Paz (de espirito, no mundo, na minha vida sobretudo)
Q- Quero (Uma palavra que uso muito, quero sempre qualquer coisa)
R- Resposta (Adoro ter a resposta na ponta da lingua)
S- Sorte (Por vezes falha, mas adoro quando vai comigo ao casino)
T- Tempo (Nunca tenho tempo para nada, parece impossivel)
U- Ultima (Palavra que nunca digo com certeza)
V- Viagem ( Adoro viajar, um paixão)
W- Wolkswagen (Não encontrei mais nada)
X- Xuva, Xamuxca, Paxei, (letra que entrou na moda no msn, mas que não me diz nada)
Y- Yoplait (Iogurtes, como gosto de iogurtes)
Z- Zorro (Heroi de banda desenhada, e como gosto de bandas desenhadas)

Não Foi Facil!